Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

https://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.htmlhttps://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.htmlhttps://www.petromoc.co.mz/Lubrificantes.html
Publicidade

El Niño mais forte em quase 20 anos termina, diz centro de meteorologia australiano

O El Niño mais forte em quase 20 anos, que danificou a produção das lavouras na Ásia em África e causou escassez de alimentos, acabou, informou nesta terça-feira o Centro de Meteorologia Australiano (BOM, na sigla em inglês).

Indicadores climáticos associados ao El Niño, que surgiu em 2015, agora retornaram a níveis neutros, disse o BOM.

O último El Niño resultou em aumento das temperaturas do oceano aos maiores níveis em 19 anos, causando tempo mais seco que o normal, o que resultou em uma queda na produção de trigo, óleo de palma e arroz na Ásia e também uma das piores secas no sul do continente africano, incluindo em Moçambique.

O fim do El Niño não foi inesperado, com os indicadores climáticos esfriando nos últimos meses, mas o BOM da Austrália é a primeira grande agência de meteorologia a declarar o encerramento do fenómeno.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!