Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

EDM esta empenhada em revigorar a sua imagem

Para apresentação e posterior debate do seu Plano de Desenvolvimento na região, a Direcção de Distribuição Norte da empresa Electricidade de Moçambique (EDM) reuniu, na quarta-feira, com os órgãos de comunicação social baseados na cidade de Nampula.

O encontro serviu, também, para a concertação de acções tendentes a conter a onde de roubos sistemáticos de cantoneiras e parafusos que ocorrem, com frequência, na linha Nampula-Monapo-Nacala, entre outros constrangimentos com que a EDM se tem confrontado, cujos danos atingem valores extremamente elevados.

Alguns dos jornalistas presentes denunciaram, igualmente, actos de corrupção protagonizados e de ausência de civismo protagonizados por funcionários da EDM.Para além de observarem a necessidade das eventuais interrupções no fornecimento de energia eléctrica serem-lhes comunicadas atempadamente, ao invés do que tem vindo a acontecer, em que as mesmas são emitidas a partir de Maputo e, consequentemente, com grandes atrasos e, não raras vezes, depois de colmatado o problema.

De acordo com o informe apresentado na circunstância, as acções programadas este ano para a melhoria das linhas de alta tensão na área consistem, essencialmente, na montagem de espanta-pássaros, abertura de acessos na linha Nampula- Monapo e Nacala, e desmatação das respectivas servitudes.

Em relação às actividades planificadas para o presente ano na área de distribuição de Nampula, há a destacar a electrificação do bairro de Napipine a IMAP (zona da Barragem), numa expansão de 4 mil metros e ligando 250 novos clientes; a electrificação do povoado Km 20 para ligar 200 novos clientes; a expansão de 2.500 metros de rede no bairro de Johar em Angoche, para ligar mais 100 clientes; a reabilitação do bairro de Muhala- Expansão, em 2 mil metros, para ligar 360 novos clientes e melhorar a fiabilidade da mesma em 30 por cento, além da montagem de 100 luminárias de 100w e de um PTS.

Entretanto, a EDM teve o ensejo de colher de jornalistas presentes na ocasião algumas oportunas e preciosas sugestões destinadas a reprimir a sistemática vandalização das suas infraestruturas, bem como para a melhoria da eficiência e qualidade do serviço prestado ao cliente, através de acções de adestramento cívico dos seus técnicos de inspecção e trabalhadores dos serviços de emergência (piquetes). Por seu turno, Jesué Nune, director geral da EDM na região norte, congratulou as achegas recebidas dos fazedores de informação e assegurou que a sua empresa prosseguirá, com acrescido empenhamento, nas acções que tem vindo a desenvolver com vista a satisfazer a demanda de energia, através da electrificação de novos segmentos no mercado.

Jesué Nunes referiu, a propósito, que, no ano passado, a EDM registou uma facturação total de 559.098.891 Mt, proveniente do total de 143.480 clientes. E sublinhou que 50 por cento dos distritos da região norte encontram-se já electrizados, o que corresponde a 27 dos 54 existentes, a província de Nampula destaca-se com 17 distritos, dos 21 distritos que comporta, equivalente a 63 po cento. Em outra abordagem, anunciou a introdução simultânea, a nível nacional, ainda este ano, do serviço de credelec “on line”

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!