Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Edil de Quelimane, Araújo, exonera dois Vereadores

O Presidente do Município de Quelimane, Manuel de Araújo, exonerou, na tarde desta Segunda-feira, dois Vereadores do seu elenco.

Trata-se do Vereador para a Área de Saneamento do Meio, Jardins e Cemitérios, Joaquim Maloa e do Vereador para a Área de Mercados e Feiras, Moisés Ofinar.

Dados em poder do DZ indicam que a decisão foi tornada pública num encontro que o edil de Quelimane teve, na tarde desta Segunda-feira, na Empresa Municipal de Saneamento(EMUSA), diante de trabalhadores daquela empresa.

Começou a dança

Manuel de Araújo havia deixado alerta aquando da tomada de posse dos Vereadores que quando não sentir o trabalho no seio do seu colectivo não vai pactuar e a decisão seria tomada sem piscar os olhos.

Deve ter começado a dança no município de Quelimane, já com quase cinco meses de governação.

Que pecado cometeram?

Joaquim Maloa, Vereador para a Área de Saneamento do Meio, Jardins e Cemitério, logo cedo era tido como alguém sem domínio de nada. Várias vozes criticaram a nomeação deste homem, professor primário de profissão.

Mas, mesmo assim, como o edil não tinha ovos para fazer omoletes, acabou levando o homem a esta parte.

Durante o tempo em que esteve como Vereador, Maloa demonstrou que não tinha capacidades de aprender e muito menos de ouvir quem lhe desse conselhos. Resultado, o lixo tomou conta da cidade e é isso que se assiste até agora.

Moisés Ofinar, de Mercados e Feiras, logo a prior foi acusado de estar metido em esquemas de corrupção, quando os membros da Assembleia Municipal de Quelimane apontaram um caso de venda de espaço no mercado central.

Não foi apenas isso. Nos últimos dias, Ofinar não teve capacidades de gerir o assunto dos vendedores de roupa usada da FAE que desafiaram a edilidade e vieram instalar as suas bancas na estrada.

Aventa-se a hipótese de não ter havido diálogo suficiente. E, três dias depois deste cenário, o edil tomou a decisão de exonerá-lo.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!