Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

E se tivessem deixado o MDM concorrer em todas as províncias?

E se tivessem deixado o MDM concorrer em todas as províncias?

Também tentámos estimar quantos assentos conseguiria o Movimento Democrático de Moçambique), MDM, se tivesse podido contestar todas as províncias e sugerimos que teria ganho mais nove assentos, à custa da Renamo.

Fizémos esta estimativa usando o voto presidencial e é o que expomos na tabela a seguir. Mas note-se que o voto presidential só pode ser uma aproximação. Ele dá uma distribuição correcta para Sofala mas tem um ligeiro erro para a cidade de Maputo (1 assento a menos) e Inhambane (1 assento a mais) – não é estritamente certo que toda a gente que votou em Daviz tivesse igualmente votado no MDM; alguns votos foram claramente para pequenos partidos.

Assim, na melhor hipótese, isto dá uma suposição por alto daquilo que o MDM podia ter conseguido se tivesse podido concorrer.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!