Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Duzentos estabelecimentos sem alvará em Nampula

Duzentos e quinze estabelecimentos hoteleiros de restauro e bebidas da província de Nampula funcionam sem os respectivos alvarás, segundo indicam dados da Direcção Provincial de Turismo. O referido número representa 48 por cento dos 479 estabelecimentos de género arrolados em toda a província.

Leo Jamal, do departamento das actividades turísticas, não avança as medidas administrativas a serem tomadas contra os operadores ilegais, contudo destacou que continuaremos a persuadir aos operadores turísticos e de hotelaria, quer nacionais quer estrangeiros, a licenciarem os seus estabelecimentos, por forma a legalizarem as suas actividades – referiu.

Como forma de facilitar os operadores em situação irregular, a direcção provincial de Turismo tomou a iniciativa de realizar um licenciamento em bloco, processo que atingiu as cidades de Nampula, Ilha de Moçambique, Nacala-porto e Angoche, e os distritos de Monapo, Eráti, Moma e Memba, onde havia problemas daquela natureza.

Segundo um levantamento da rede dos estabelecimentos hoteleiros, de restauro e bebidas, iniciado em Dezembro do ano passado e que termina no primeiro semestre do ano em curso, a província de Nampula dispõe de 479 unidades.

Falando para o boletim informativo daquela instituição, Agostinho Zacarias, director provincial do Turismo, explicou que o levantamento da rede foi de extrema importância, porquanto permitiu saber a capacidade da província em matéria de estabelecimentos de hospedagem, restauro e bebidas.

Enquanto isso, outras informações dão conta de que nos distritos de Nacala-porto, Ilha de Moçambique e Mossuril, a actividade turística precisa de ser promovida, como forma de dar a conhecer as potencialidades ali existentes, no âmbito do programa do governo tendente ao desenvolvimento estratégico daquela actividade.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!