Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Dois novos naufrágios nas ilhas gregas de Kalymnos e Rodas deixam pelo menos 21 mortos

Pelo menos 21 pessoas morreram em dois novos naufrágios no litoral das ilhas gregas de Kalymnos e Rodas, no mar Egeu, enquanto a Guarda Costeira desconhece quantas estão desaparecidas. Durante a madrugada de sexta-feira um barco de madeira no qual viajavam mais de cem pessoas afundou na zona marítima das ilhas de Kalymnos e Kalolimnos, enquanto outra embarcação estava à deriva no norte de Rodas.

As operações de salvamento, nas quais puderam ser resgatadas 144 pessoas, são dificultadas pelos fortes ventos, e nelas participam quatro embarcações da Guarda Costeira grega, uma embarcação da Frontex, um helicóptero Super Puma e vários barcos pesqueiros.

As autoridades gregas continuam hoje a operação de resgate de cerca de 30 pessoas que desapareceram num naufrágio no norte da ilha de Lesbos, muito próxima à costa da Turquia. Foram recuperados os corpos de 16 pessoas, entre elas várias crianças, que viajavam num barco de madeira, com mais de 300 ocupantes dos quais 274 sobreviveram.

O ministro de Migração grego, Yanis Muzalas, afirmou que a solução para a chegada de refugiados deve ser tentada na Turquia, onde operam os traficantes que tornam possível a saída das embarcações rumo ao território da Grécia.

“O que estamos a tentar é fazer entender que a Grécia é o começo do corredor da crise de refugiados, a Turquia é a porta e ali está a solução para o problema”, disse Muzalas em entrevista a uma televisão pública.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!