Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Dois mil crocodilos exportados por ano

Cerca de dois mil crocodilos são exportados anualmente por Moçambique, na sua maioria recolhidos no rio Zambeze, pelo que se apurou, esta Segunda-feira, junto da Direcção Nacional de Terras e Florestas do Ministério da Agricultura (MINAG).

Em 2003, a quota anual de exportação de crocodilos foi de 900 animais, indicou aquele departamento governamental, acrescentando que grande parte da receita da operação foi convertida para beneficiar as populações que estão sob ameaças de serem devoradas por aqueles répteis.

O dinheiro é usado na construção de vedações e deslocação de camponeses residentes nas zonas onde abundam estes répteis para sítios seguros.

Presentemente, as autoridades moçambicanas desconhecem o número da população de crocodilos existente no país, estimando a ocorrência de 20 crocodilos em cada 100 metros da extensão dos cerca de 850 mil metros da área habitacional daqueles répteis, de acordo igualmente com a Direcção Nacional de Terras e Florestas.

Quota de abate de 2013

Entretanto, o Governo moçambicano estipulou em cerca de cinco mil a quota de abate até finais do presente ano de 2013, dos chamados animais problemáticos, visando minimizar o conflito Homemfauna bravia, com tendências alarmantes de registo nos últimos anos.

A título de exemplo, entre 2004 e 2008, mais de 500 pessoas foram mortas por animais problemáticos que também destruíram perto de dois mil hectares de culturas diversas. No mesmo período foram abatidos 571 animais bravios em defesa do Homem.

 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!