Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Dois cidadãos detidos por assassinato na província de Maputo

Dois indivíduos encontram-se a contas com a Polícia da República de Moçambique (PRM) no distrito de Boane, província de Maputo. Um é acusado de matar um colega, com recurso a veneno, na casa onde trabalhava como empregado doméstico e o outro também de intoxicar mortalmente o próprio filho de oito anos de idade.

O primeiro cidadão, de 24 anos de idade, matou o colega como forma de impedir que ele contasse ao patrão alguns desvios de comportamento que acontecia na residência onde os dois trabalhavam, segundo Emídio Mabunda, porta-voz da Polícia na província de Maputo.

Sem indicar que tipo de veneno usou para acabar com a vida do colega, o visado disse que o produto foi injectado na farinha de milho. Aliás, a família do malogrado escapou da morte por um triz.

Em relação ao homem indiciado de matar o filho, a Polícia disse que ele foi surpreendido na posse de um produto químico, supostamente usado para envenenar o filho.

Entretanto, não se sabe que motivos levaram o indivíduo a cometer tal homicídio. Aliás, os agentes da Lei e Ordem disseram que o acusado faz parte de um grupo de três elementos que assaltaram uma empresa chinesa de construção civil na cidade da Matola.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!