Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Dois cidadãos detidos por assassinato na província de Maputo

Dois indivíduos encontram-se a contas com a Polícia da República de Moçambique (PRM) no distrito de Boane, província de Maputo. Um é acusado de matar um colega, com recurso a veneno, na casa onde trabalhava como empregado doméstico e o outro também de intoxicar mortalmente o próprio filho de oito anos de idade.

O primeiro cidadão, de 24 anos de idade, matou o colega como forma de impedir que ele contasse ao patrão alguns desvios de comportamento que acontecia na residência onde os dois trabalhavam, segundo Emídio Mabunda, porta-voz da Polícia na província de Maputo.

Sem indicar que tipo de veneno usou para acabar com a vida do colega, o visado disse que o produto foi injectado na farinha de milho. Aliás, a família do malogrado escapou da morte por um triz.

Em relação ao homem indiciado de matar o filho, a Polícia disse que ele foi surpreendido na posse de um produto químico, supostamente usado para envenenar o filho.

Entretanto, não se sabe que motivos levaram o indivíduo a cometer tal homicídio. Aliás, os agentes da Lei e Ordem disseram que o acusado faz parte de um grupo de três elementos que assaltaram uma empresa chinesa de construção civil na cidade da Matola.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!