Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Documentário moçambicano sobre a deficiência conquista prémio em Festival internacional

Documentário moçambicano sobre a deficiência conquista prémio em Festival internacional

O filme documentário “De corpo e alma”, que é uma lição de vida dada por três portadores de deficiência física, os protagonistas, venceu o 30º Grande Prémio do Documentário de Autor da União Radiofónica e Televisiva Internacional (URTI).

Primeira longa-metragem de realizador francês Matthieu Bron, radicado em Moçambique há vários anos, produzido pela MEETINGS e apresentado no festival Internacional, que decorreu a 7 de Junho último em Monte Carlo, no principiado Mónaco, em parceria com a Televisão de Moçambique (TVM).

Segundo o comunicado de imprensa que recebemos, “De corpo e alma”, que concorreu com outros 223 documentários, proveniêntes de 64 países, e foi premiado pela força do tratamento jubiloso do tema da deficiência física e da percepção que deu deste tema aos jurados.

O realizador do filme não pôde estar presente em Monte Carlo, mas Sua Excelência a Embaixadora de Moçambique em França foi à cerimónia de entrega dos prémios, em representação da TVM.

LEIA ARTIGO SOBRE ESTE FILME DOCUMENTÁRIO AQUI NA VERDADE ONLINE.

“De Corpo e Alma” participará brevemente em vários festivais internacionais de documentários como: o Festival de Cine Africano de Tarifa (Espanha, 11 a 19 de Junho 2011); Festival Internacional de Addis Abeba (Ethiopia, 23 a 26 de Junho de 2011); Festival Internacional do Film de Zanzibar (Tanzânia, de 18 a 26 de Junho de 2011); Festival Image et Vie (Dakar, Senegal, de de Junho 2011).

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!