Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Dlakhama impedido de fazer campanha por vendedoras

A caravana eleitoral da Renamo, chefiada por Dlakhama, foi impedida de fazer campanha quando passava ao largo do mercado central na cidade de Lichinga, no dia 8 de Outubro.

Ao se aperceber da passagem da caravana de Dlakhama que consistia duma viatura com equipamento sonoro, ciclistas e peões, as vendedoras do mercado saíram das suas bancas e dirigiram-se ao encontro da caravana de Dlakhama gritando palavras de ordem como: “pisa, pisa Renamo”.

As vendedoras ameaçavam ainda as pessoas que se mostravam dispostas a ouvir o manifesto da Renamo. “Quem sair ao encontro deles será interditado de vender neste mercado.

Este mercado foi construído pela Frelimo e não pela Renamo”, diziam as vendedoras, que empunhavam o material propagandístico da frelimo. A caravana de Dlakhama ficou parou e ficou em silêncio até que as vendedoras recolheram às suas bancas.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!