Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Divulgados resultados dos estudos da Indústria de Artesanato e Música

A Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), procedeu na capital do país, a divulgação dos resultados do Estudo Sócio-Económico das Indústrias de Artesanato e Música, efectuado nos distritos de Zavala, Ilha de Moçambique, na cidade de Maputo.

O estudo foi realizado no âmbito do programa conjunto para o fortalecimento das Indústrias Criativas e Políticas Inclusivas em Moçambique e do projecto de desenvolvimento das instituições culturais, e contou com o financiamento da Agência Sueca de Desenvolvimento Internacional (SIDA).

E tinha por objectivo demonstrar a importância das Indústrias da Música e Artesanato no desenvolvimento económico e social, para além de proceder a prospecção de algumas áreas estratégicas para investimento.

Uma visão global das indústrias culturais e criativas denuncia a existência de grandes assimetrias entre as indústrias culturais e criativas das regiões norte e sul do país, devido a falta de investimentos estratégicos de longo prazo para o fortalecimento das respectivas capacidades, desenvolvimento de produtos orientados para o mercado e facilitar o acesso aos mercados nacional e internacional.

Moira Welch, do departamento de Advocacia e Comunicações do Fundo dos Objectivos de Desenvolvimento do Milénio (FODM),é de opinião que isto pode ser conseguido através de novas parcerias, habilidade, inovação e controlo da pirataria.

E sublinha que o reconhecimento da dimensão internacional das indústrias criativas confere-lhes um papel determinante no desenvolvimento económico de Moçambique visto que o país se esforça para alcançar as metas de desenvolvimento do milénio.

As apresentações dos resultados da Iha de Moçambique e Zavala contaram com a presença dos representantes dos governos locais e de responsáveis ligados à música, artesanato e sociedade civil.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!