Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Dívida interna agravada em 99 milhões de meticais até Março de 2012

Cerca de 78,1% dos pouco mais de 99 milhões de meticais de endividamento do sector privado junto à banca comercial nacional correspondem à taxa do valor emprestado a particulares daquele sector produtivo, contra 0,2% do valor direccionado para as empresas.

O sector público não financeiro beneficiou, por seu turno, de 4,9%, segundo o Banco de Moçambique (BM), salientando que estas variações resultaram, em termos anuais, num incremento do crédito concedido às empresas em 3893,2 milhões de meticais, de acordo ainda com a mesma fonte.

Da análise sectorial do crédito, na óptica dos saldos, o BM diz ter concluído que os sectores que mais beneficiaram do crédito foram os particulares com 26,2%, o comércio com 20,9%, transportes e comunicações (9,7%) e a indústria que ficou com 8,4% do saldo do crédito bancário.

Refira-se, entretanto, que o saldo do endividamento do sector privado junto ao sistema bancário nacional concedido de Janeiro a Março de 2012 é equivalente a uma expansão anual de 6,6%, o correspondente a 35 pontos base acima do crescimento anual registado em Dezembro de 2011.

O Banco de Moçambique termina a sua análise indicando que relativamente ao fluxo anual verificado no período homólogo de 2011, o comportamento do agregado reflectiu- se num abrandamento da expansão do crédito em 17,7 pontos percentuais.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!