Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Diplomata do Qatar é dominado com suposta bomba em avião

Agentes federais dominaram um diplomata do Qatar que estaria tentando detonar uma bomba a bordo de um voo entre Washington e Denver esta quarta-feira, informou a imprensa americana. O incidente envolveu Mohammed al-Modadi, que tem imunidade diplomática como terceiro secretário e vice-consul do Qatar na embaixada de Washington.

Segundo a rede ABC, o diplomata tentou acender algo no interior do avião, mas a NBC revelou que os cães farejadores da polícia não encontraram traços de explosivos a bordo do aparelho. A imprensa americana não descarta que o incidente tenha sido provocado por uma brincadeira.

O problema ocorreu no voo 663 da United Airlines, com 157 passageiros e seis tripulantes a bordo que seguiam do aeroporto Reagan, em Washington, para Denver. O aparelho, escoltado por dois caças F-16, pousou finalmente em Denver. Segundo a rede NBC, agentes da segurança aérea sentiram cheiro de fumaça e interpelaram um homem que estava há algum tempo no WC, que tentaria colocar fogo em seu sapato.

O suspeito foi dominado e colocado sob custódia, informou a Administração para a Segurança dos Transportes (TSA). Após o piloto declarar situação de emergência, dois caças F-16 se colocaram ao lado do avião, às 18h45 local (21h45 Brasília), por ordem do NORAD (North American Aerospace Defense Command).

A TSA informou que está “monitorando” o incidente após receber um relatório preliminar dos agentes federais, e destacou que todas as etapas foram cumpridas para garantir a segurança dos passageiros.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!