Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Devido a incapacidade do Governo fornecer água potável cidadã grávida é atacada mortalmente por um crocodilo num rio na província de Maputo

Uma cidadã de aproximadamente 40 anos de idade, em estado de gravidez, foi atacada mortalmente por um crocodilo no rio Incomati onde retirava água para o seu consumo devido a incapacidade do Governo em fornecer o precioso líquido na sua residência na vila sede do Posto Administrativo de Ressano Garcia, distrito da Moamba, na província de Maputo.

O facto aconteceu na manhã da passada quinta-feira(10), no rio Incomati, para onde a vítima se dirigiu, na companhia da sua filha e uma vizinha, em busca de água para o consumo pois é uma das milhares de moçambicanos sem acesso à água potável canalizada na sua residência.

Segundo testemunhas do incidente relataram à Rádio Moçambique que na altura as três cidadãs estavam dentro de água do rio quando de repente a senhora grávida foi surpreendida pelo réptil, que a arrastou para o fundo do rio.

Perante este perigo, os residentes da vila de Ressano Garcia pedem ao Governo a colocação de fontes de abastecimento de água pois na vila não existe água canalizada, facto que leva a população local a recorrer ao rio para ter aquele precioso líquido para o seu consumo.

A vítima, que deixa cinco filhos menores, não é a primeira moçambicana surpreendida por crocodilos enquanto buscava o precioso líquido para o seu consumo, em várias outras regiões do país a situação repete-se inclusive na rica província de Tete.

 

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!