Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Detidos exguerrilheiros da Renamo na Zambézia

Um grupo constituído por 19 antigos guerrilheiros da Renamo foi detido na sexta-feira passada pela Polícia moçambicana (PRM) em Mocuba, província Zambézia, Centro do país. A Polícia suspeita que estes indivíduos, encontrados na posse de objectos contundentes, apitos, entre outros bens, estavam envolvidos na preparação de manifestações da Renamo, protestando os resultados das últimas eleições gerais ganhas pelo partido Frelimo e seu candidato a presidência, Armando Guebuza.

A Renamo, antigo movimento de guerrilha e actualmente maior partido da oposição em Moçambique, contesta os resultados destas eleições alegadamente por terem sido fraudulentas. Porém, o Conselho Constitucional rejeitou semana passada o recurso interposto pela Renamo nesse sentido. A edição de hoje do “Notícias” indica que os detidos eram provenientes da província central de Sofala e seguiam numa viatura mini-bus supostamente pertencente a um cidadão residente na vila da Macie, distrito do Bilene, província sulista de Gaza.

Quando questionados sobre o seu destino, alguns dos integrantes do grupo responderam que seguiam para Guruè, ainda na província da Zambézia, mas outros apontaram Nampula como seu destino, mas para uma missão religiosa. Referira-se que o líder da Renamo, Afonso Dhlakama, que tem vindo a anunciar a realização de manifestações do seu partido, encontra-se agora a viver na cidade nortenha de Nampula. Segundo a Polícia, decorre neste momento uma audição individual aos detidos, sob alegação de se tratar de pessoas duvidosas que pretendiam desestabilizar o país, o que se explica pelas divergências nas suas declarações.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!