Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Desmanteladas três quadrilhas criminosas em Maputo

A Polícia da República de Moçambique(PRM) desmantelou recentemente três quadrilhas responsáveis por vários crimes cometidos na cidade de Maputo. Segundo o porta-voz do respectivo comando na capital do país, Orlando Mudumane, uma das quadrilhas era composta por quatro meliantes, outra, por três e a terceira, por dois malfeitores.

A primeira quadrilha foi neutralizada no bairro do Alto-Maé e dedicava-se ao roubo em estabelecimentos comerciais. Foi detida na posse de capulanas, televisores e outros artigos em quantidade não especificada. A segunda caiu nas mãos das autoridades depois de ter arrombado um armazém na Avenida Guerra Popular, tendo-se apoderado de diversos bens, como sejam materiais de construção, nomeadamente ferro e cimento. Conforme a fonte, a terceira quadrilha dedicava-se ao consumo e venda de estupefacientes e foi neutralizado na zona de Guava. A Polícia, segundo o porta-voz, está a trabalhar no sentido de neutralizar mais quadrilhas que actuam em Maputo e localizar membros de outras já desmanteladas e que se encontram ainda a monte.

Entretanto o porta voz da PRM, que falava à imprensa no briefing semanal, revelou que oito bandidos invadiram um estabelecimento comercial no Bairro Central, em plena luz do dia, por volta das 12 horas, altura em que as lojas fecham para o almoço dos trabalhadores. Os bandidos roubaram capulanas e jóias avaliadas em dois mil meticais.

Outro caso análogo aconteceu no bairro da Urbanização em que um grupo de seis indivíduos não identificados ameaçou o proprietário de uma mini-mercearia e arrancaram-lhe créditos e valor monetário, em quantia não especificada. O assalto aconteceu por volta das 19 horas do dia 25. Em ambos casos, a polícia não conseguiu neutralizar os criminosos, mas diz ter pistas e promete encontrá-los e prendê-los nos próximos dias. Ainda de acordo com dados que nos foram fornecidos, foi detido, durante o período em análise, um cidadão de nome Anjelo Xirimbela, residente do bairro de Inhagoia, acusado de porte ilegal de duas armas de fogo, uma do tipo AK 47 e outra, uma pistola do tipo Makarov. O indivíduo, de 22 anos de idade, foi surpreendido pelos agentes da Polícia quando circulava na via pública, na zona de Missão Roque, com as armas dentro de uma pasta. O mesmo disse que vinha de Chicumbane e que achou as armas em Nsalene, arredores da cidade de Maputo, em circunstâncias não esclarecidas.

A PRM deu conta, igualmente, da recuperação de quatro viaturas, três das quais de marca Toyota, nomeadamente uma Sprinter, com chapa de inscrição ABI- 674- MP; uma Mark II, com a matrícula AAH 768 MC, uma Hilux MMR 76-40 e uma Mercedes MMH 25- 02. As referidas viaturas foram devolvidas aos seus legítimos proprietários.

Relativamente à acção da Polícia de Trânsito, Mudumane disse que fiscalizou 2.304 viaturas, impôs 794 multas, apreendeu 303 cartas de condução e realizou 157 testes de alcoolemia, dos quais 48 acusaram elevado nível de álcool no sangue.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!