Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Desmaios na Escola Secundária e Comunitária Armando Emílio Guebuza

Pelo menos duas crianças tiveram manifestações estranhas e violentas na Escola Secundária e Comunitária Armando Emílio Guebuza, na segunda-feira, no populoso bairro do Chamanculo, arredores da cidade de Maputo, dois dias depois de se ter realizado uma cerimónia de “purificação” de uma outra escola da capital moçambicana, palco de desmaios de perto de uma centena de alunas.

Extremamente agressivas, as duas crianças da Comunitária Armando Emílio Guebuza choravam, rebolavam e efectuavam escavações a mão em troncos de árvores antigas, de onde em alguns casos removiam pedaços de objectos velhos, incluindo cacos de panelas de barro.

Os acontecimentos de segunda-feira na Escola Secundária e Comunitária Armando Emílio Guebuza acontecem depois de, no sábado, em cerimónia reservada, se ter “comunicado com os espíritos” dos ancestrais das famílias Magaia e Mavota, numa tentativa de acabar com manifestações igualmente estranhas e por vezes violentas de alunas na Escola Secundária Quisse Mavota e numa outra no bairro do Zimpeto.

Em duas escolas secundárias da província de Maputo foram igualmente reportadas cenas idênticas, que começam a preocupar pais e encarregados de educação.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!