Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Desconhecidos baleiam empresário e raptam outro em Inhambane

Um empresário da nacionalidade indiana foi alvejado a tiro e outro raptado, por quatro indivíduos a monte, na noite de sexta-feira (25), na cidade da Maxixe, província de Inhambane. É o segundo caso público que acontece na mesma urbe, num espaço de 18 meses.

Em contacto telefónico com o @Verdade, testemunha contou que o rapto aconteceu por volta das 21h00. As vítimas, cujas identidades não apurámos, encontravam-se num estabelecimentos comercial, quando foram surpreendidas pelos supostos bandidos.

Segundo a nossa fonte, os presumíveis raptores, que se puseram em fuga numa viatura cujas características e matrícula não foram registadas, teriam sido vistos minutos antes a rondarem o local onde as vítimas se encontravam.

O cidadão baleado sofreu na perna direita e foi socorrido para o Hospital Rural de Chicuque, de onde foi socorrido para uma unidade sanitária com maior capacidade de tratamento, devido à gravidade da lesão.

A Polícia da República de Moçambique (PRM) em Inhambane confirmou o caso e disse que está no encalço da gangue.

Em Julho de 2017, cinco pessoas empunhando armas de fogo raptaram um empresário, numa noite também de sexta-feira, defronte da sua casa, na cidade da Maxixe. O acto foi registado por uma câmara de videovigilância.

Em menos de 24 horas, a vítima, de nome Kanassin Gentilal, foi resgatada com vida no distrito de Panda, a 150 quilómetro da cidade da Maxixe, pela PRM.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!