Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Descoberto corpo sem vida na Manga-Mascarenha

Um corpo sem vida de uma jovem de 14 anos de idade foi descoberto domingo último sem vida e já em avançado estado de decomposição, no Bairro da Manga Mascarrenha, arredores da Cidade da Beira. O cadáver foi descoberto por populares atirado no interior de uma casa em construção.

Devido as chuvas que caem nos últimos dias na Cidade da Beira e arredores, o local onde o corpo foi achado encontra- se cheio de água. Consta que o corpo teria sido lançado para o local a cerca de uma semana, a julgar pelos dias em que a malograda fora dada como desaparecida da casa dos pais, no mesmo Bairro da Manga-Mascarenha. Consta aínda que a descoberta foi facilitada por cães, devido a sua concentração em volta do corpo que já se apresentava em estado de podridão.

Devido ao estado em que se apresentava o corpo foi imediatamente removido para um cemitério particular na zona de Matongoro, também nos arredores da Cidade da Beira. A operação de remoção foi ontem de manhã e envolveu o pessoal do Conselho Municipal da Beira. Testemunhas oculares disseram-nos que o corpo teve de ser removido com recurso a pás (Instrumento que consta de uma parte larga e achatada e de um cabo mais ou menos longo e que serve para diversos usos, entre os quais nas obras) porque já não havia parte possível de segurar.

Contaram-nos ainda que o corpo estava sem um braço, suspeitando- se que tenha sido devorado por cães. Segundo apuramos, a vitima trata-se de Sara Dinis, supostamente terá sido sexualmente violada por malfeitores os quais depois decidiram tirar a sua vida alegadamente por recearem ser denunciados. Até o presente momento ninguém está detido em conexão com o caso.

O Porta-Voz do Comando Provincial da PRM em Sofala, Mateus Mazive, disse-nos ontem que a corporação já está a trabalhar no caso, mas não indicou a existência de pistas que possam permitir a captura dos assassinos. Entretanto, fontes familiares tentam indiciar o namorado da vítima como presumível responsável, alegadamente por dias antes da ocorrência ter prometido acabar com a vida da malograda, devido a problemas provocados por ciúmes.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!