Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Depois dos ataques, a França vai caçar tubarões na ilha Reunião

A França vai contratar pescadores profissionais para matar, esta semana, cerca de 20 tubarões na costa da ilha Reunião, território francês no oceano Índico, na esperança de entender uma série de ataques nesse paraíso dos surfistas.

 

 

Dois deles foram atacados por tubarões em menos de uma semana. Um deles, mordido, Domingo (5), sobreviveu por pouco, mas perdeu uma mão e um pé. O outro morreu, Segunda-feira (6), da semana passada.

As autoridades municipais de Saint-Leu, perto do local do ataque de Domingo, pediram aos governos de nível superior que abatessem as populações de tubarões-tigres e tubarões-cabeça-chata, que teriam se multiplicado no último ano.

Cerca de 300 moradores e surfistas fizeram um protesto à frente da principal delegacia da polícia da ilha, pedindo o abate dos tubarões.

O governo francês, porém, descartou um abate generalizado, dizendo que é preciso realizar estudos científicos sobre uma toxina que existe na carne dos tubarões, e que desestimula a sua pesca.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!