Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Demissão de director de gigante das telecomunicações na África do Sul após escândalo

O director-geral do gigante das telecomunicações sul-africano MTN anunciou segunda-feira a sua demissão depois do maior escândalo na história da empresa.

A demissão acontece depois de o organismo regulador nigeriano infligir uma multa de 5 biliões e 200 milhões de dólares americanos a esta companhia por ter omitido a desconexão de cartões SIM que não foram correctamente registados na Nigéria em Agosto e Setembro.

A empresa confirmou que Sifiso Dabengwa demitiu-se com efeito imediato e que Phuthuma Nhleko foi nomeado presidente executivo a título temporário.

“Devido a circunstâncias infelizes ocorridas na MTN Nigéria, decidi, no interesse da empresa e dos accionistas, demitir-me das minhas funções com efeito imediato”, declarou Dabengwa num comunicado chegado à PANA.

A MTN tem até 16 de Novembro para pagar a multa que está relacionada com a desconexão de 5,1 milhões de assinantes. Nhleko deverá negociar com o órgão regulador nigeriano a respeito da multa que causou a queda das acções da MTN na bolsa de Joanesburgo.

A operadora de telefonia móvel, que possui mais de 200 milhões de assinantes em África e no Médio Oriente, declarou aos accionistas que ainda estava a negociar a questão com as autoridades que infligiram a impressionante multa.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!