Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Défice comercial com a Alemanha avaliado em 131 milhões de meticais

O défice comercial entre Moçambique e a Alemanha é estimado em cerca de 131 milhões de meticais resultante das exportações anuais moçambicanas situarem-se em 673 milhões de meticais, contra 804 milhões de meticais de importações daquele país europeu.

Basicamente, Moçambique exporta para a Alemanha produtos agrícolas e alumínio produzido na MOZAL, contra importação de bens industriais e de construção civil, de acordo com Armando Inroga, ministro da Indústria e Comércio, apontando, entretanto, a agricultura, infra-estruturas, energia e recursos minerais como áreas que mais interessam a Moçambique no que respeita ao incremento e diversificação de produtos a serem colocados na Alemanha.

Inroga, falando, esta Quintafeira, no Maputo, durante um encontro com uma missão empresarial alemã em visita ao país, explicou que Moçambique está interessado em ver alargadas para o sector empresarial privado as “excelentes relações políticas existentes entre os dois países”.

A missão alemã é composta por 12 empresários das áreas de mineração, construção civil, tecnologias de informação e comunicação, energia e turismo e, até hoje, sexta-feira, visitará vários empreendimentos económicos da cidade do Maputo e das províncias de Sofala e Tete.

Refira-se, entretanto, que a Alemanha faz parte do grupo de 19 parceiros internacionais de cooperação com Moçambique apoiantes do Orçamento do Estado e projectos de desenvolvimento socioeconómico do país.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!