Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Decano dos embaixadores em Moçambique defende utilização racional

O decano dos embaixadores da União Africana (UA) em Maputo, o embaixador angolano Garcia Bires, defendeu esta quinta-feira a “utilização de forma racional das riquezas” do continente, como meio fundamental para o desenvolvimento económico e social de África. Garcia Bires considerou “enormes” os desafios com que África se debate, quando falava na apresentação do programa comemorativo do Dia de África, que se assinala no próximo dia 25.

Segundo o embaixador angolano em Maputo, depois de África ter vencido a colonização, com a conquista da independência por parte dos países do continente, o combate actual é contra a pobreza e a busca da estabilidade política. “Os desafios são enormes e a sua superação passa pela estabilização política, económica e social do continente. Para isso, é fundamental a utilização racional das riquezas do continente”, referiu o diplomata.

A missão de alcançar a paz e a segurança nos países que ainda enfrentam conflitos armados deve ser outra das prioridades das lideranças africanas, acrescentou Garcia Bires. Sobre as comemorações do Dia de África, o embaixador angolano entende que a efeméride deve ser uma ocasião para os dirigentes do continente africano reafirmarem a sua responsabilidade na consolidação da paz e desenvolvimento económico e social.

Segundo o director para África e Médio Oriente no Ministério dos Negócios Estrangeiros e Cooperação de Moçambique, Álvaro Santos, presente na divulgação do programa comemorativo do Dia de África, a efeméride terá como lema “Construindo e Mantendo a Paz Através do Desporto”, escolhido para exaltar a harmonia social e a paz promovidas pelo desporto, no ano em que o continente, mais concretamente a África do Sul, acolhe pela primeira vez o Mundial de Futebol, que começa em Junho.

“O desporto é um momento de confraternização e de alegria, é um golpe baixo tentar instrumentalizá- lo para dividir, é por isso que o escolhemos como motivo das celebrações do Dia de África deste ano”, frisou Álvaro Santos. Em Moçambique, para marcar a data, será realizada uma palestra subordinada ao lema do Dia de África, que terá como orador Hermenegildo Gamito, destacado empresário, ex-deputado e ex-presidente da Federação Moçambicana de Hóquei.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!