Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

David Moyes eleito para suceder a Sir Alex no Manchester United

Após 11 anos à frente do Everton, David Moyes vai deixar o o clube de Merseyside no final da época para suceder a Alex Ferguson no comando do Manchester United, até 2019. O técnico de 50 anos vai juntar-se oficialmente ao clube de Old Trafford a 1 de Julho, após o seu vínculo aos “toffes” expirar.

Moyes, natural de Glasgow, tal como Sir Alex, aceitou assinar um contrato válido por seis temporadas com os 20 vezes campeões ingleses. “É uma grande honra ser convidado para ser o próximo treinador do Manchester United”, afirmou Moyes. “Estou muito contente por Sir Alex me recomendar para o cargo. Tenho um grande respeito por tudo o que ele fez e pelo clube.”

“Sei que vai ser difícil substituir o melhor treinador de sempre, mas a oportunidade de treinar o Manchester United não surge todos os dias e estou ansioso por assumir o cargo na próxima época.”

Alex Ferguson acrescentou: “Quando falámos sobre os substitutos que tinham as características que pretendíamos, escolhemos por unanimidade o David Moyes. O David é um homem de grande integridade, com uma forte ética de trabalho.” “Há muito tempo que admiro o seu trabalho e em 1998 tinha falado com ele sobre a possibilidade de ser meu adjunto. Nessa altura ainda era um jovem, no início da carreira, depois realizou um trabalho magnífico no Everton. Tenho a certeza que tem todas as qualidades que pretendemos para treinador da nossa equipa.”

Moyes substituiu Walter Smith em Merseyside em Março de 2002 e, em Janeiro de 2013, orientou o seu 500º jogo no comando do Everton. Embora o antigo treinador do Preston North End FC não tenha conseguido conquistar qualquer troféu ao longo dos seus 11 anos em Goodison Park, guiou o clube aos sete primeiros lugares da tabela classificativa em oito das 11 temporadas completas que aí passou.

Em comunicado, o Everton afirmou que Moyes foi “um treinador extraordinário” para o clube. Ao rumar ao United, Moyes vai reencontrar-se com Wayne Rooney, jogador que ele próprio lançou na Premier League inglesa em Agosto de 2002, quando o então prodígio do Everton estava ainda a dois meses de festejar o seu 17º aniversário.

“Tive um trabalho fantástico no Everton, com um presidente, um conselho de administração e um grupo de jogadores excelentes”, destacou Moyes. “Até ao final da época vou fazer tudo o que estiver ao meu alcance para conseguir a melhor classificação possível.” “Os fantásticos adeptos do Everton ajudaram a que os anos que passei em Goodison Park fossem muito agradáveis, agradeço-lhes do fundo do coração por todo o apoio que deram a mim e aos jogadores. O Everton vai ser para sempre um clube especial para mim.”

Alex Ferguson anunciou esta quarta-feira que se vai retirar após o último jogo do United na presente temporada, a 19 de Maio, colocando assim um ponto final a uma passagem de 26 anos e meio pelo comando técnico da formação de Manchester, à frente da qual conquistou duas UEFA Champions League, uma Taça dos Vencedores das Taças, uma SuperTaça Europeia, 13 títulos de campeão da Premier League inglesa, cinco Taças de Inglaterra e quatro Taças da Liga inglesa.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!