Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Cubano Mijaín López conquista terceiro ouro na luta greco-romana e iguala marca da lenda russa

A luta olímpica da Olimpíada do Rio de Janeiro de 2016 ganhou um sabor cubano na segunda-feira, quando Mijaín López conquistou o seu terceiro ouro olímpico consecutivo no estilo greco-romano, igualando o recorde estabelecido pelo lendário lutador russo Aleksandr Karelin.

López comemorou improvisando uma dança com toques de salsa e giro de quadris no meio do tapete, levando os muitos adeptos cubanos e a arena repleta de brasileiros ao delírio. “A dança veio naturalmente”, disse o lutador momentos depois do embate. “O Brasil é o Brasil, e no Brasil você tem que dançar!”

López conquistou o ouro em uma vitória arrebatadora por 6 a 0 sobre o actual campeão mundial Riza Kayaalp, da Turquia, e alcançou a marca de Karelin – o russo levou o ouro nos Jogos de 1988, 1992 e 1996.

“Estou muito orgulhoso de ter chegado ao mesmo nível do grande Karelin, essa é uma tremenda honra”, afirmou López, de 33 anos. “É maravilhoso igualar isso.”

Indagado sobre quem poderia desafiá-lo agora, López disse que “a minha única disputa agora é com o legado (de Karelin)”.

López conquistou medalhas de ouro na categoria dos 130 quilos nos Jogos de Pequim e Londres, venceu cinco campeonatos mundiais e obteve três medalhas de prata mundiais, cimentando seu status de lenda desportiva em Cuba.

No campeonato mundial do ano passado, em Las Vegas, nos Estados Unidos da América, López perdeu de 1 a 0 para Kayaalp, e muitas pessoas acreditavam que a luta de domingo seria igualmente disputada.

Mas López já começou agressivo, e essencialmente venceu o combate nos primeiros 30 segundos depois de aplicar uma chave de peito e derrubar o lutador turco sobre as próprias costas, o que lhe rendeu rápidos 4 pontos.

Ele ganhou outro ponto quando seu adversário pisou fora do marcação no lance seguinte, e recebeu um último ponto por penalidade no segundo período, quando um Kayaalp frustrado o estapeou.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!