Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Cruz Vermelha diz que 6 voluntários foram mortos na República Centro-Africana

Seis voluntários da Cruz Vermelha foram mortos em um ataque a um centro de saúde no sudeste da República Centro-Africana no dia 3 de agosto, informou a organização de ajuda humanitária em comunicado nesta quarta-feira.

Civis e membros de equipes médicas também podem ter morrido no ataque, realizado por agressores não identificados, disse a Cruz Vermelha, acrescentando que mais detalhes sobre o ocorrido ainda não estão disponíveis.

A violência de milícia tem se intensificado no sudeste da República Centro-Africana, incluindo ataques contra pacificadores e trabalhadores humanitários, desencadeando temores de um possível retorno em larga escala do caos que abalou o país no auge da guerra civil de 2013.

Os seis voluntários mortos eram todos da República Centro-Africana e estavam participando de uma reunião de crise em um centro de saúde na cidade de Gambo, na província de Mbomou, afirmou a Cruz Vermelha.

Esse foi o terceiro ataque contra funcionários da Cruz Vermelha na República Centro-Africana esse ano, incluindo quando um funcionário foi atingido por tiros em junho, na cidade de mineração de diamantes de Bangassou, a cerca de 100 quilômetros de distância.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!