Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Cruz Vermelha deixa Homs e suspende o plano de retirar civis

Agentes humanitários que pretendiam retirar os civis e feridos de Homs, na Síria, foram impedidos, esta Quinta-feira, de entrar nas áreas mais conflagradas por causa de disparos e duma situação de segurança “duvidosa”, afirmou o Comité Internacional da Cruz Vermelha (CICV).

As forças governamentais e os rebeldes acataram, Quarta-feira, uma solicitação do CICV para que estabelecessem uma trégua humanitária, depois de mais de dez dias de intensos combates.

Mas quando uma equipe do CICV e do Crescente Vermelho sírio aproximava-se do centro antigo de Homs, na manhã desta Quinta-feira, o grupo ouviu tiros e preferiu recuar, segundo um porta-voz, que disse que a origem dos disparos não foi identificada.

Os moradores disseram que o Exército sírio bombardeou bairros centrais durante o dia. Diante das preocupações com a segurança, a equipe humanitária voltou a Damasco, a capital.

O CICV, a única agência humanitária com pessoal na Síria, disse que continua em contacto com as forças do governo e com os rebeldes.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!