Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Crianças de Matalane recebem material desportivo diverso

As crianças das escolas primárias completas de Bolaze e Matalana, situadas na localidade de Matalana, no distrito de Marracuene, província de Maputo, incluindo a equipa distrital de futebol, beneficiaram de material desportivo, entregue, sábado último, pelo compositor e intérprete Stewart Sukuma.

No total são 165 camisetes, 50 réguas, 50 lanyards, 15 calções e 50 bolas de futebol, angariados no prosseguimento da iniciativa de Stewart Sukuma, UNICEF e parceiros, designada “Artistas pelos Direitos da Criança”, desencadeada, por ocasião da quinzena da criança, que decorreu de 26 a 16 de Junho do ano passado.

Na ocasião, acompanhado pelo músico Dilon Djindji, Stewart Sukuma interagiu com os petizes no Centro Cultural de Matalana, onde advogou a necessidade do envolvimento de todos os actores socio- económicos na realização dos direitos da criança, em Moçambique, com particular destaque para as mais vulneráveis e desfavorecidas.

Nomeado embaixador de boa vontade do UNICEF, no ano passado, Stewart Sukuma disse, à margem do evento, que se trata de um apoio e incentivo para que as crianças continuem a dedicar-se aos estudos: “transmitimos a nossa vontade para que estas crianças cresçam saudáveis e que tenham oportunidade para pode- rem construir o seu futuro”, frisou.

“De uma forma mais compacta – segundo acrescentou Stewart Sukuma – “este é também um caminho para que a Associação Stewart Sukuma, que eu e outros músicos estamos a criar, possa participar na formação extra-curricular das crianças, capacitando as famílias para gerar uma forma de vida que permita que os menores frequentem as escolas com facilidades e, sobretudo, sem fome”.

“As crianças não devem ir à escola com fome, porque enquanto famintas não poderão ter um aproveitamento pedagógico positivo”, referiu Stewart Sukuma, realçando que “é uma questão de respeito pelos direitos humanos”.

Para o director da Escola Primária Completa de Matalana, Lucas Tchau, ao abordar com as crianças a questão da vulnerabilidade delas, Stewart Sukuma deu continuidade ao que nós professores temos vindo a ensinar nas salas de aula: “Ele é uma celebridade muito querida pelas crianças pelo que espero que elas tenham aprendido dos seus ensinamentos”, finalizou Lucas Tchau.

Refira-se que o projecto “Artistas pelos Direitos das Crianças” contou com a participação dos músicos Mingas, Neyma, Valdemiro José, Elvira Viegas, Mr. Arsen, Ace Nells, entre outros, e consistiu num workshop de artes plásticas, declamação de poesia, dança, brincadeiras e um espectáculo musical, com acesso livre para menores de idade.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!