Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Crianças canadianas que desapareceram em 2008 voltam para casa

Duas crianças canadianas que desapareceram em 2008 durante uma visita ao pai, ocorrida por decisão judicial, reencontraram a sua mãe em Winnipeg, no Canadá, depois de quase quatro anos de caça na América do Norte.

A polícia de Winnipeg disse que Dominic Maryk, de 11 anos, e sua irmã Abby, de 9, foram resgatados, Sexta-feira, numa casa em Guadalajara, no México. O pai delas e outro homem foram presos.

“Sou a mãe mais feliz do mundo neste instante”, disse Emily Cablek, mãe das crianças, em nota lida pela polícia de Winnipeg. “Temos um longo caminho pela frente, e quero que os meus filhos se sintam completamente seguros no decorrer dele.”

As crianças sumiram a 30 de Agosto de 2008, durante uma visita ao pai que deveria durar duas semanas.

Ao longo dos anos, a polícia monitorizou o grupo em pelo menos cinco locais, e recentemente concentrava as buscas em Guadalajara e Puerto Vallarta, também no México.

O desenlace deu-se depois de a polícia de Winnipeg ter enviado fotos e um vídeo da criança para a imprensa mexicana, o que fez alguém reconhecé-las e avisar a polícia local.

“Esse é um individuo mau que não queria ser encontrado”, disse Shaunna Neufeld, da polícia de Winnipeg.

Kevin Douglas Maryk e Robert Neil Groen podem ser extraditados para o Canadá para responderem por abdução infantil. Um terceiro envolvido está a ser procurado.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!