Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Criança portadora de albinismo escapa do rapto na Zambézia

Um miúdo portador de albinismo, de 11 anos de idade, cuja identidade não foi revelada pela Polícia da República de Moçambique (PRM), escapou de um suposto rapto protagonizado por cinco indivíduos, na semana finda, no distrito de Milange, província da Zambézia.

O caso, considerado tráfico de órgãos humanos, aconteceu na noite do último sábado (13). O @Verdade apurou que os malfeitores invadiram a residência dos pais do rapaz, raptaram-no para algures, onde raparam o cabelo e amputaram as suas orelhas.

Miguel Caetano, porta-voz do Comando Provincial da PRM, na Zambézia, disse que há seis meses que esta parcela do país não registava crime desta natureza.

Em conexão com este crime, pelo menos dois indivíduos foram detidos e a corporação disse que está no encalço dos outros elementos, pois considera que se trata de uma quadrilha extensa que deve ser desactivada. No último caso, os meliantes pretendiam usar diferentes partes do corpo em rituais mágicos.

Acredita-se, em África, que partes de uma pessoa albina geram riqueza e curam determinadas doenças, segundo o que tem sido apurado por algumas pesquisas. Ainda em Milange, um indivíduo de 25 anos de idade foi preso, acusado de abusar sexualmente uma cidadã de 28 anos e, em seguida, assassiná-la, por volta das 22h00.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!