Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Crescimento mais que esperado

A economia mundial deverá crescer mais que o esperado este ano, liderada pela China e outras economias emergentes, mas o desempenho da Europa deverá ser bem mais fraco, conforme as estimativas do Fundo Monetário Internacional (FMI) divulgadas esta quarta-feira.

De acordo com o relatório World Economic Outlook, a economia mundial deverá crescer 4,2% este ano, melhor que o esperado na sua anterior projecção e uma melhoria substancial quanto à contracção de 0,6% registada em 2009. No entanto, o FMI sustenta que a recuperação da economia ainda se mantém vulnerável, com a grande pressão a surgir precisamente dos elevados níveis de dívida dos países.

“A perspectiva para a actividade continua extraordinariamente incerta”, diz o FMI no seu mais recente relatório. “Apesar de uma grande variedade de riscos terem desaparecido, os riscos decorrentes do crescimento das dívidas públicas nas economias avançadas tornaram- se muito mais evidentes”, diz a organização. O FMI estima que a economia mundial cresça em média 4,2% este ano, mais 0,3% do que na sua anterior projecção, e 4,3% em 2011, mantendo a estimativa divulgada em Janeiro.

A organização espera, no entanto, que este crescimento seja alcançado a diferentes velocidades, conforme as regiões, com os Estados Unidos a superar a Europa e o Japão, mas a perder terreno para a China e outras economias emergentes.

Para os Estados Unidos, o FMI espera um crescimento de 3,1% este ano e de 2,6% em 2011, após ter registado no ano passado a maior contracção do Produto Interno Bruto (PIB) desde 1946, situado nos 2,4%. Em 2010, o FMI espera um crescimento de 10% para a China e de 8,8% para a Índia, apontando, no entanto, para um crescimento de apenas um porcento na média da zona euro.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!