Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Crédito bancário cresce 63,85%

A carteira de crédito da banca comercial moçambicana cresceu em cerca de 63,85%, em 2009, atingindo a cifra de 70 242 844 milhões de meticais, segundo resultados da pesquisa sobre o sector bancário desenvolvida pela KPMG e patrocinada pela Associação Moçambicana de Bancos (AMB).

O incremento do crédito à economia esteve associado à forte procura por crédito pelas empresas para financiamento e particulares para consumo e aquisição de bens imobiliários, para além do aumento de projectos de investimento de risco aceitável e com melhores retornos e ainda devido ao desinvestimento das aplicações no mercado estrangeiro, dado o cenário económico caracterizado pela descida acentuada das taxas de juro indexantes para níveis abaixo de 1%, em finais de 2009.

A qualidade do crédito continuou, ainda em 2009, a registar melhorias que se reflectiram na queda do rácio de provisões específicas sobre o crédito total em 1,06%, de 3,76%, em 2008, para 2,7%, no período em análise, não obstante a ligeira subida verificada no rácio de crédito vencido sobre o crédito total que passou de 1,79%, em 2008, para 1,96%, em 2009, segundo ainda resultados da pesquisa esta quarta-feira apresentados em Maputo.

A contínua política de avaliação prudente e critérios de créditos, monitoria com especial atenção aos sinais de alerta, saneamento das carteiras de crédito, recuperação e reestruturação de créditos malparados por via do reforço de garantias ou regularização dos juros vencidos constituem factores associados à melhoria da qualidade do crédito.

A apresentação dos resultados da pesquisa que vai na sua nona edição foi presenciada pelo governador do Banco de Moçambique, Ernesto Gove, presidente da Associação Moçambicana de Bancos, Hermenegildo Gamito, e vários dirigentes de bancos comerciais activos em Moçambique.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!