Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

“Crans Montana é uma oportunidade de conquistar parceria

A Primeira Dama de Moçambique, Maria da Luz Guebuza, considera que a participação do país na conferência da organização Crans Montana constitui uma oportunidade para atrair mais parceiros capazes de contribuir para o desenvolvimento do país.

Falando na noite desta Segunda-feira à imprensa, a esposa do Presidente moçambicano disse que as principais áreas a serem apresentadas pela delegação moçambicana, que participa no evento, incluem o turismo, energia, recursos marinhos, madeira e florestas. “Viemos atrair mais parceiros para investirem em Moçambique.

É por isso que temos muitos parceiros e empresários moçambicanos presentes nesta conferência”, referiu ela, falando a jornalistas moçambicanos destacados para cobrir a sua visita de trabalho ao Reino da Bélgica que termina no próximo Domingo. Aliás, no seu contacto com a imprensa, a Embaixadora de Moçambique em Bruxelas, Maria Manuela Lucas considera que esta conferência constitui uma oportunidade para o país “vender a sua imagem a as suas potencialidades”.

“Nesta conferência, Moçambique é aquilo que chamam de ‘guest country’, o que significa o principal país da conferência”, disse Lucas, acrescentando que “o país poderá expor todas as suas potencialidades em diversas áreas de actividade”. A Crans Montana é uma organização internacional suíça criada em 1986, tendo como objectivo promover a cooperação internacional e contribuir para o crescimento global, assegurando um alto nível de estabilidade, igualdade e segurança.

Na sua reunião deste ano, a decorrer de 24 a 27 de Junho corrente, Moçambique faz-se representar por uma delegação liderada pela Primeira Dama da República, Maria da Luz Guebuza, que também integra os ministros do Turismo, Fernando Sumbana e o de Planificação e Desenvolvimento, Aiuba Cuereneia, empresários moçambicanos, entre outros.

Além de debater alguns temas da conferência, a esposa do Presidente moçambicano deverá ser galardoada pela Crans Montana, como reconhecimento do trabalho desenvolvido por Maria da Luz Guebuza no combate a pobreza em Moçambique.

“Trata-se do alto grau de premio que anualmente é usado para distinguir personalidades politicas, económicas e de outras áreas de interesse”, disse Lucas, acrescentando que uma outra distinção será atribuída ao Presidente moçambicano, apesar da sua ausência nesta conferência por outros imperativos da sua agenda.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!