Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Publicidade

Covid-19: Moçambique regista mais de mil novos infectados e 18 óbitos nas últimas 24 horas. Explosão de casos positivos nas cidades de Maputo, Matola e Chimoio

coronavirus1711-polana-canico-uci

Pela primeira vez desde a eclosão da pandemia respiratória, Moçambique registou mais de mil novos infectados em últimas 24 horas com a explosão de centenas de novos casos positivos pelo novo coronavírus no Distrito Municipal de KamPfumo e nas cidades da Matola e Chimoio. A covid-19 causou a morte de mais 18 moçambicanos na Cidade de Maputo e nas províncias de Nampula, Zambézia, Sofala, Inhambane e Maputo.

O Ministério da Saúde (MISAU) anunciou que entre terça (19) e quarta-feira (20) foram identificados 1.126 novos infectados pela covid-19 no país, todos em resultado de transmissões locais, tendo elevado para 29.396 o cumulativo de casos positivos desde Março de 2020.

O @Verdade apurou que 421 dos novos doentes foram diagnosticados no Distrito Municipal de KamPfumo onde estão 94 por cento dos 14.511 casos positivos da Cidade de Maputo.

Na Província de Maputo o cumulativo cresceu para 4.794 casos positivos com a detecção de 222 infectados na Cidade da Matola.

Outros surtos foram identificados na Cidade do Chimoio, 205 novos doentes, que aumentaram para 1.024 o total de casos positivos na Província de Manica.

O boletim epidemiológico do MISAU revela que outros surtos da pandemia respiratória que surgiu em 2019 na China foram diagnosticados na Cidade de Tete, 36 novos infectados, na Cidade de Nampula, 32 novos doentes, na Cidade de Quelimane, 29 novos infectados, na Cidade de Pemba, 28 novos doentes, na Cidade de Xai-Xai, 26 novos infectados, na Cidade de Inhambane, 20 novos doentes, e na Cidade da Beira, onze novos infectados.

Embora tenham sido registadas 14 altas hospitalares o número de internados atingiu um novo recorde: 218 pacientes. Estão sob cuidados hospitalares nos Centros de Internamento de covid-19 e em outras unidades hospitalares da Cidade de Maputo 167 doentes, onze estão na Província de Tete, nove na Província de Nampula, sete na Província da Zambézia, seis na Província de Maputo, cinco na Província de Manica, quatro na Província de Sofala, dois na Província de Inhambane e dois na Província de Cabo Delgado.

“Queremos lamentar o registo de 18 óbitos em pacientes infectados pelo novo coronavírus. Trata-se de dez pacientes do sexo masculino e oito óbitos do sexo feminino cujas idades variam entre 37 anos de idade e 85 anos de idade. Destes, um óbito foi declarado no dia 15/01/2021, sete óbitos foram declarados no dia 18/01/2021, seis óbitos foram declarados no dia 19/01/2021 e quatro óbitos foram declarados no doa 20/01/2021. Até o momento, Moçambique registou um cumulativo de 271 óbitos devido à covid-19”, revela ainda o MISAU.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!