Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Publicidade

Covid-19: menos de uma centena de doentes nos covidários em Moçambique. Mais três moçambicanos morrem devido a pandemia

coronavirus-polana-canico-cama

A pandemia respiratória causada pelo novo coronavírus causou a morte de mais três moçambicanos. Pela primeira vez desde finais de Junho menos de uma centena de doentes está nos covidários em Moçambique. Novos surtos eclodem pelas províncias de Cabo Delgado e Zambézia.

Pela primeira vez desde 23 de Junho, no início da 3ª vaga, estão internados nos Centros de Internamento de covid-19 e em outras Unidades Hospitalares apenas 97 doentes.

Entretanto o Boletim Epidemiológico do Ministério da Saúde actualizou para 1.888 o cumulativo de vítimas mortais da pandemia no seguimento da notificação de mais três óbitos em pacientes infectados pelo novo coronavírus, todos moçambicanos de 31, 37 e 60 anos de idade.

Destes, dois óbitos foram declarados no dia 7/09/2021 e um no dia 8/09/2021. O @Verdade descortinou que um óbito ocorreu na Cidade de Maputo, um na Província de Nampula e outro na Província do Niassa.

Entretanto, testando pouco mais de um milhar de casos suspeitos, reduziram para 7. 340 os casos activos da pandemia tendo o cumulativo ascendido a 148.552 casos positivos registados, desde Março de 2020, com a identificação de mais 108 indivíduos positivos para o SARS-CoV-2, todos em resultado de transmissões locais e entre eles 106 moçambicanos.

O @Verdade apurou que Nampula tornou-se na segunda província com o maior número de casos activos, 1.452, com o diagnóstico de um novo infectado no Distrito de Eráti e 12 na Cidade de Nampula.

Cabo Delgado é a quarta província com o maior número de casos activos, 522, com um novo infectado no Distrito de Balama, dos no Distrito de Metuge, cinco no Distrito de Namuno e onze na Cidade Pemba.

Pela Província da Zambézia foram diagnosticados um novo infectado no Distrito de Nicoadala, um no Distrito de Molumbo, três no Município de Mocuba e onze na Cidade de Quelimane.

Outros surtos eclodiram com 21 novos infectados na Cidade de Maputo, 14 na Cidade de Xai-Xai, sete na Cidade da Matola, três no Município de Boane, três no Distrito de Marracuene, dois no Município de Mandlakazi, dois no Distrito de Sussundenga, dois no Distrito de Matutuíne, um no Município da Maxixe, um no Município do Chókwè, um no Distrito de Jangamo, um no Distrito de Mossurize, um na Cidade de Lichinga e um no Distrito de Limpopo.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Content is protected !!