Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Coreia do Norte exige que Panamá liberte navio que transporta armas

A Coreia do Norte exigiu, Quinta-feira (18) que o Panamá liberte o seu navio que transportava armas a partir de Cuba, alegando que a embarcação navegava sob um acordo legítimo, e classificou as suspeitas iniciais de que levava drogas como “uma ficção”.

“As autoridades de investigação do Panamá precipitadamente atacaram e detiveram o capitão e a tripulação do navio com o pretexto de ‘uma investigação sobre drogas’ e revistaram a sua carga, mas não descobriram droga”, disse o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Norte.

“A carga não contém mais do que armas obsoletas que serão enviadas de volta a Cuba depois de recondicioná-las de acordo com um contrato legítimo”, disse o porta-voz, segundo a agência estatal de notícias KCNA.

As autoridades do Panamá detiveram o navio de bandeira norte-coreana e encontraram o que pareciam ser componentes de um sistema de radar de mísseis da era soviética escondidos sob sacos de açúcar. “As autoridades panamenhas deveriam tomar uma medida para que os tripulantes e o navio retidos avancem sem demora”, afirmou o porta-voz.

O Panamá afirmou, esta Quarta-feira, que pediu à Organização das Nações Unidas que determine a legalidade da carga. Cuba, que mantém laços diplomáticos com a Coreia do Norte, disse que a carga continha “material bélico obsoleto” enviado a Pyongyang para manutenção e incluía baterias antiaéreas, mísseis em partes e peças e partes de aviões MIG-21.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!