Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Contabilista desaparece com 600 mil meticais na Escola Industrial e Comercial da cidade da Beira

Um valor estimado em 600 mil meticais desapareceu dos cofres da Escola Industrial e Comercial 25 de Junho, na cidade da Beira.

O desaparecimento do dinheiro é atribuído a um contabilista, que se encontra em parte incerta, conforme apurou a Reportagem do jornal Diário de Moçambique no local do “incidente”. Alguns funcionários da Escola disseram não compreender como é que o seu colega desapareceu com o dinheiro. Os nossos interlocutores aventaram a hipótese de ter sido um plano anteriormente esboçado pelo visado, Paz Manuel Chamunorua, que simplesmente estava à espera do “terreno fértil” ou seja uma oportunidade, como a que encontrou, conseguindo deste modo sair daquele estabelecimento de ensino sem deixar rastos.

Maria Adalgisa Cassamo, directora da Escola Industrial e Comercial 25 de Junho, escusou-se a receber a Reportagem do jornal Diário de Moçambique, alegando que estava reunida, segundo a informação transmitida por seu mandatário. Entretanto há informações que indicam que o referido contabilista levantou o valor monetário num banco e daí nada mais fez senão rumar para um local incerto.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!