Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Congresso da Renamo já tem datas

Depois de sucessivos adiamentos, o congresso da Renamo, o maior partido da oposição em Moçambique, poderá ocorrer entre os próximos dias 20 e 23 do mês em curso na cidade nortenha de Nampula, segundo garantiu Quinta-feira à Imprensa o respectivo líder, Afonso Dhlakama.

Falando a jornalistas na localidade de Currane, distrito de Meconta, na província de Nampula, Dhlakama disse que o encontro vai desenhar estratégias para uma melhor participação desta formação política nas eleições gerais e das assembleias provinciais de 28 de Outubro próximo.

Dhlakama disse tratar-se de um ‘congresso de renovação’ que poderá operar mexidas no Conselho Nacional, Comissão Política e alterar os símbolos daquela agremiação como o Hino e a Bandeira. Vai também elaborar o programa de governação do país, caso a Renamo vença o pleito. O líder desta formação informou ainda que, logo após o evento, vai remeter a sua candidatura e a do seu partido ao Conselho Constitucional, anunciando que, para o efeito, foram já recolhidas mais de 350 mil assinaturas.

“O nosso congresso irá iniciar no dia 20 do mês de Julho na cidade de Nampula e terminará no dia 23. No dia seguinte, eu regresso a Maputo para formalizar a minha candidatura junto do Conselho Constitucional. Depois desta formalidade vou iniciar uma digressão de trabalho pela zona Sul do país para motivar a população daquela região a participar nas eleições gerais e provinciais. Posteriormente irei trabalhar com o mesmo objectivo na zona Norte do país”, explicou Dhlakama.

Ele assegurou que a Renamo concluiu já as eleições internas de selecção de candidatos à Assembleia da República (AR), o parlamento moçambicano. Garantiu que em todos os distritos foram realizadas conferências distritais “onde os membros de base elegeram as pessoas que acham que podem representálos quer nas assembleias provinciais, quanto na AR”.

Não avançou quantas pessoas iriam tomar parte no encontro e muito menos os custos do evento, dizendo que o mais importante neste momento é que as pessoas se inscrevam para poderem votar em Outubro. O congresso da Renamo sofreu recentemente mais um adiamento alegadamente porque os membros do partido deviam acompanhar o processo de actualização do recenseamento eleitoral em curso no país.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!