Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Conferência internacional sobre Turismo Inclusivo de Deficientes em Maputo

Maputo acolherá, em Março próximo, a conferência internacional sobre Turismo Inclusivo de Deficientes da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) visando promover o Turismo no seio daquele grupo social de Angola, Cabo Verde, Brasil, Guiné-Bissau, Moçambique, Timor-Leste, São Tomé e Príncipe e Portugal.

A informação foi esta quarta- feira revelada ao Correio da manhã por Audrey Relandeau, coordenadora dos projectos de Desenvolvimento Inclusivo do Fórum das Associações Moçambicanas dos Deficientes (FAMOD), indicando que no encontro deverão participar cerca de 100 personalidades vindas da CPLP e da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC).

Vagas para deficientes Entretanto, o Governo moçambicano acaba de anunciar a disponibilização, a partir deste ano, de uma quota equivalente a cinco porcento de vagas a emprego para os portadores de deficiência, em todas instituições públicas com mais de mil funcionários, medida que tem em vista reduzir a percentagem de desemprego e mendicidade naquele grupo social.

Dados apurados durante um estudo sobre as condições sociais dos deficientes indicam que o desemprego atinge cerca de 89,2% naquele grupo devido à recusa em empregar deficientes por parte de determinadas instituições públicas e privadas, com destaque para a banca e hotéis .

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!