Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Concluída construção da torre de controlo de tráfego aéreo

As obras de construção da torre de controlo do tráfego aéreo no Aeroporto Internacional de Maputo já foram concluídas e a mesma deverá entrar em funcionamento até Março do próximo ano.

Neste momento estão em curso procedimentos administrativos para aquisição e instalação de equipamentos. Esta informação foi revelada, Segunda-feira, em Maputo, pelo Ministro dos Transportes e Comunicações, Paulo Zucula, no fim de uma visita de rotina efectuada no Aeroporto Internacional de Maputo para acompanhar o andamento das obras DE ampliação e modernização daquela infraestrutura aeroportuária.

Segundo o governante, já foi lançado concurso público e seleccionada a empresa que vai fornecer o equipamento, faltando apenas a sua aprovação pelo Conselho de Administração da empresa Aeroportos de Moçambique (ADM) e posterior homologação pelo Ministério dos Transportes e Comunicações.

“Dentro dos próximos seis a sete meses teremos a torre de controlo a funcionar em pleno com equipamento e sistema mais modernos para a segurança dos aviões. Já foi lançado concurso de fornecimento de equipamento, a empresa já foi seleccionada e deve ser aprovada pelo Conselho de Administração e homologada pelo Ministério para depois se assinarem os contratos de fornecimento, um processo que vai durar seis a sete meses”, disse Zucula.

A nova estação de controlo foi construída no âmbito da ampliação e modernização do Aeroporto Internacional de Maputo, um projecto que já vai na sua segunda fase.

Durante a sua visita, o Ministro inteirou-se do ponto de situação das obras de construção do terminal doméstico, iniciadas a 3 de Março último, com a demolição das antigas infra-estruturas.

As obras estão avaliadas em 36 milhões de dólares, prevendo-se o seu término para Setembro do próximo ano. No terreno, Zucula ficou a saber que as obras estão com um atraso de dois meses, tempo que se acredita ser recuperável.

Segundo o Ministro, tal atraso deveuse a demora na concepção do projecto executivo da obra, que já foi submetido ao Conselho de Administração da ADM para aprovação. “Acreditamos que este tempo é recuperável e vamos trabalhar com os empreiteiros para recuperar o tempo”, frisou Zucula.

Por sua vez, o director do projecto, Acácio Tuendue, garantiu a jornalistas que, apesar do atraso de dois meses, as obras serão concluídas em Setembro do próximo ano tal como o previsto.

Neste momento, as obras estão na fase das fundações e, segundo Tuendue, 95 por cento das ‘estacas’ já foram feitas, estando-se a fazer as vigas.

“Esta-se em processo de preparação dos andaimes e cofragem para avançar com os andaimes. Também se estão a fazer escavações para as vigas de fundação e daqui a pouco vamos iniciar a fase da própria estrutura”, revelou.

O novo terminal doméstico vai ocupar uma área de mais de 13 mil metros quadrados e irá dispor de duas salas amplas e modernas com capacidade para atender 580 passageiros à hora de pico, sendo 300 à partida e 280 à chegada.

A infra-estrutura terá disponíveis 14 balcões para o check-in, equipados com tecnologia moderna de atendimento ao passageiro, gabinetes de trabalho no hall público e a área comercial, respondendo assim as necessidades essenciais das companhias aéreas e outros prestadores de serviços, como por exemplo posto médico, área pública de restauração.

As obras de construção do Terminal Doméstico têm uma duração de 18 meses, finda a qual seguir-se-á a reabilitação da pista principal, concluindo, desta forma, a materialização do programa de desenvolvimento do Aeroporto Internacional de Maputo.

De referir que enquanto decorrem as obras, todos os serviços prestados no terminal doméstico passam para o antigo terminal internacional, onde foram criadas instalações provisórias de atendimento.

O projecto de ampliação e modernização do Aeroporto Internacional de Maputo arrancou em 2007, tendo já resultado na construção do Terminal Internacional (Abril de 2008).

O Terminal Internacional, que consumiu cerca de 70 milhões de dólares, foi inaugurado pelo Presidente da República, Armando Guebuza, a 12 de Novembro de 2010.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!