Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Cinco crianças hospitalizadas após comerem refeição com amêndoa de rícino em Inhassune

Três dezenas de cidadãos, na sua maioria crianças, foram hospitalizadas com diarreias e vómitos no centro de saúde de Inhassune, no distrito de Panda na província de Inhambane, após ingerirem refeições preparadas com amêndoa de rícino, um prato conhecido na região pelo nome de molina.

O Director de Saúde em Panda, Gracieto Hilário, disse à Rádio Moçambique que as vítimas da presumível intoxicação alimentar tiveram pronto socorro e o estado clínico dos pacientes internados não é alarmante e o produto usado na preparação da molina será enviado para exames laboratoriais. Dos trinta doentes atendidos apenas cinco menores continuam internados.

A cidadã que preparou a refeição de molina, identificada pelo nome de Maria Fabião Nhantumbo, afirmou que não é a primeira vez que usa amêndoa de rícino na confecção de refeições e considera de incidente o que aconteceu.

Segundo a Rádio Moçambique, este é o terceiro caso de intoxicação alimentar que ocorre na província de Inhambane, depois de situações idênticas terem sido vividas nas regiões de Midjoote e Pembe, nos distritos de Inharrime e Homoíne respectivamente, sem no entanto se registar óbito.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!