Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Cidade e província do Maputo menos beneficiadas pelo crédito bancário

A província de Tete é a maior beneficiária do financiamento bancário à actividade produtiva agrícola, enquanto a cidade e a província do Maputo são as menos contempladas pelo crédito bancário para a actividade produtiva da agricultura.

Nampula, Sofala e Gaza são regiões com taxas de crédito concedido pela banca comercial que variam de 11,1%% a 6,01%, segundo resultados preliminares do Censo Agropecuário 2009/2010 desenvolvido pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Por outro lado, no que respeita ao tipo de meios mecanizados ou de transporte que as explorações agrícolas utilizam nas suas operações, os resultados do INE apontam que 1.544.290 pequenas, médias e grandes explorações agrícolas usam aqueles meios, sendo as pequnas explorações as que mais usam, em número de 1.518.399 explorações em todo o país.

Os tractores são usados por 59.435 explorações agrícolas e as charruas por 12.460 explorações, enquanto as motobombas beneficiam a pouco mais de oito mil explorações agrícolas.

A realização do II Censo Agropecuário 2009-2010 enquadra- se no Plano Estratégico 2008-2012 do Sistema Estatístico Nacional (SEN) e nas recomendações do Fundo das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) que é o coordenador das estatísticas agrícolas a nível do mundo.

A recolha de dados foi feita de Janeiro a Novembro de 2010 pelo INE em parceria com o Ministério da Agricultura (MINAG), tendo beneficiado de assistência técnica e financeira do Fundo das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO), do Fundo Comum de Apoio ao Sistema Estatístico Nacional (SEN) e do Governo moçambicano.

Os dados sobre a agricultura dizem respeito à campanha agrícola 2009/2010 e os da pecuária ao ano civil 2010. A finalidade do trabalho visou obter informação estatística actualizada sobre a estrutura agropecuária, bem como sobre a produção, para um melhor conhecimento da realidade necessária para a elaboração, acompanhamento e avaliação de políticas e planos de desenvolvimento.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!