Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Cidadãos detidos por falsificação da moeda moçambicana

Dois cidadãos identificados pelos nomes de Octávio Mangule e Luís Balande, de 18 e 19 anos de idade, estão a contas com a Polícia da República de Moçambique (PRM), desde a semana de 25 a 31 de Janeiro último, por falsificação de 77 notas de mil meticais.

Além desses indivíduos, a PRM deteve três cidadãos nigerianos identificados pelos nomes de Joseph Opara, Benny Acruego e Micahal Ogaia, de idades de variam 26 a 33 anos, interpelados no bairro de Khongolote, no município da Matola, na posse de 24 quilogramas de efedrina.

Ainda na cidade da Matola, um cidadão de nome Maiquel Ibrahimo, de 29 anos de idade, foi preso por posse ilegal de uma arma de fogo do tipo pistola semi-metralhadora, de marca Magno, número A916393.

No Comando Distrital de Chibuto, na província de Gaza, a PRM deteve um indivíduo identificado pelo nome de Lourenço Raimundo Sitoe, de 24 anos de idade, por tráfico de um menor que responde pelo nome de Carlitos Romão Sitoe, de 13 anos de idade. De acordo com o porta-voz do Comando-Geral da PRM, João Machava, o indiciado está a ser investigado por se suspeitar que faz parte de uma rede de traficantes de seres humanos.

Ainda na semana de 25 a 31 de Janeiro, a Força de Guarda Fronteira deteve 1.211 violadores de fronteira, dos quais 737 moçambicanos, 255 malawianos, 128 Zimbabweanos, 74 tanzanianos e 17 zambianos. No mesmo período, a PRM deteve 33 cidadãos etíopes e seis burundeses por entrada ilegal em Moçambique.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!