Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Cidadão preso por desvio de camião de arroz em Manica

Um indivíduo cuja identidade não foi revelada pelas autoridades policiais, encontra-se privado de liberdade na cidade de Chimoio, província de Manica, acusado de desviar um camião de grande tonelagem que transportava pelo menos 1.200 sacos de arroz para o vizinho Zimbabwe.

O visado, ora limitado a quatro paredes da 2a esquadra da Polícia da República de Moçambique (PRM) em Chimoio, é ainda acusado de abandonar a mercadoria na naquela urbe. Porém, ele declarou-se inocente e avançou que descarregou o produto na cidade de Chimoio após entrar em consenso com o seu patrão, de nome Nasser, porque era demasiada para a viatura.

O jovem considerou ainda que não faz sentido que ele tenha desviado um camião com 1.200 sacos de arroz enquanto durante a viagem estava em constante comunicação com o seu patrão. Este sugeriu que “devia continua a viagem até a cidade Chimoio”, onde quando “cheguei liguei de novo e ele disse para enviar as fotos por WhatsApp”.

O patronato, segundo o indiciado, perguntou “o que era necessário” para reparar o camião e “eu disse que precisava de três mil meticais para pagar as pessoas que iriam descarregar a mercadoria”.

Elsídia Filipe, porta-voz da PRM em Manica, disse que o acusado descarregou o arroz numa casa no bairro 7 de Abril e abandonou o camião na região de Missica, no distrito de Manica.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!