Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Cidadão nega ser contado e dispara contra recenseadores em Maputo

Um indivíduo moçambicano negou que a sua família fosse recenseada e pôs-se a disparar, indiscriminadamente, contra os recenseadores, como forma de escorraçá-los da sua residência, na terça-feira (15), na capital moçambicana, facto que levou à sua detenção, pois é punível nos termos da Lei nº. 12/97, de 31 de Maio. Ninguém ficou ferido.

O caso aconteceu por volta das 14h30, no bairro George Demitrov, vulgo Benfica, no último dia do IV Recenseamento Geral da População e Habitação (CENSO 2017), de acordo com Cirilo Tembe, porta-voz do Instituto Nacional de Estatística (INE).

Em consequência deste acto, que na óptica daquela instituição do Estado consubstancia um “desacato à lei”, o acusado, que responde pelo nome de Azarias Cossa, recolheu às celas.

Cirilo Tembe evocou o artigo seis (obrigatoriedade de resposta) da norma acima indica, para fundamentar que a atitude do cidadão em questão é de todo em todo reprovável.

O número um da referida norma diz: “todas as pessoas abrangidas pelo Recenseamento, nos termos do artigo dois, são obrigadas a responder aos respectivos Boletins de Recenseamento fornecendo, com verdade, os dados estatísticos que lhes forem solicitados nos termos da lei”.

O número dois estabelece que “o cidadão nacional ou estrangeiro que se recuse a fornecer os dados requeridos no Boletim de Recenseamento ou que os forneça falseando a verdade incorre em infracção punível com as penas aplicáveis aos crimes de desobediência ou de falsas declarações, previstas no Código Penal”.

O @Verdade sabe que o visado estava encarcerado na 15a esquadra da Polícia da República de Moçambique (PRM), pelo menos até ao fecho desta edição.

A armada usada por Azarias Cossa é do tipo caçadeira e detém a respectiva licença.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!