Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Cidadão detido por assassinato em Quelimane

Um jovem identificado pelo nome de Tamimo Armando, de 26 anos de idade, natural do distrito de Namacurra, na província da Zambézia, encontra-se detido nas celas do Comando Provincial da Policia da República de Moçambique (PRM) na cidade de Quelimane, desde domingo (15), acusado de assassinar o gerente de um armazém da Companhia Industrial da Matola, com recurso a uma arma branca.

A vítima respondia pelo nome de Inoque Acácio Café, de 25 anos de idade, natural do distrito da Maganja da Costa, também na província da Zambézia. O porta-voz da PRM na Zambézia, Ernesto Cerrote, disse que o suposto malfeitor havia fugido para a cidade de Chimoio e a sua neutralização foi graças a denúncias populares.

Refira-se que o indiciado era motorista da Companhia Industrial da Matola, na cidade de Quelimane, vaga que ocupou apenas por um período inferior a 30 dias. Foi nessa altura que materializou o seu objectivo de tirar a vida do seu colega. Suspeita-se que se trata de um ajuste de contas, porém, não se sabe a origem do imbróglio.

Contudo, em declarações à Polícia, o indiciado negou ser o autor do crime e justificou que dias antes do assassinato, ele (o acusado) já estava na cidade de Chimoio.

Enquanto isso, a PRM deteve igualmente três supostos cadastrados perigosos acusados de protagonizar assalto nas residências com recurso a armas de fogo. E dois assaltantes identificados pelos nomes de Teodósio Gomes Lourenço, de 32 anos de idade, e Bernardo Mário António,  de 40 anos de idade, são indiciados de roubo de 10 milhões de meticais numa agência bancária e foram capturados na semana passada, segundo o porta-voz.

A detenção dos meliantes ocorreu em Maputo e foram transferidos para a cidade de Quelimane, onde cometeram o crime. A Polícia não conseguiu recuperar o dinheiro porque os larápios disseram que já foi usado na compra de viaturas que, neste momento, encontram-se na posse da corporação.

Ainda, durante a semana passada, a corporação na cidade de Quelimane deteve um indivíduo identificado pelo nome de Bisioque jornés, de 35 anos de idade, envolvido no roubo de elevadas somas de dinheiro de uma cidadã, residente na cidade de Maputo. Para além de terem sido apreendidas duas armas de fogo do tipo pistola, pertencente à empresa de segurança privada G4S, a Polícia apreendeu notas falsas do metical e de dólar norte-americano cujo montante não foi revelado.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!