Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Cidadã tailandesa detida na posse de mais de 380 pulseiras de marfim

Uma cidadã tailandesa que responde pelo nome de Itak, de 42 anos de idade, foi detida na posse de 382 pulseiras de marfim, no passado sábado (06), no Aeroporto Internacional de Mavalane, em Maputo. Esta é a segunda detenção, numa semana, de cidadãos tailândeses a traficarem marfim, no passado dia 8 um outro cidadão foi detido na posse de 33 quilogramas de marfim, em forma de pulseiras.

O porta-voz do Comando-Geral da Polícia da República de Moçambique (PRM), Pedro Cossa, disse que se trata de produtos proibidos, que tinham como destino o continente asiático.

Outro caso ocorreu na província de Maputo, concretamente no distrito de Marracuene, onde a Polícia prendeu dois indivíduos identificados pelos nomes de Salomão e Rodrigues, de 40 e 44 anos de idade, indiciados de roubo de painéis solares no centro de saúde local.

“Vejam quanta barbaridade, os painéis destinavam-se à iluminação e manutenção de medicamentos em refrigeração, mas os indivíduos menosprezaram a vida dos doentes e colocaram-lhes em risco. Isso demonstra a crise de valores morais”, disse o porta-voz.

Na semana de 06 a 12 de Dezembro em curso, a Polícia deteve 1.823 indivíduos por cometimento de várias irregularidades, dos quais 1.142 violações de fronteiras, 29 por imigrações ilegais, para além do repatriamento de 42 cidadãos moçambicanos da República da África do Sul, por falta de documentos.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!