Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Ciclone Sandra fecha operações de minas de níquel em Nova Caledônia

Um ciclone tropical severo está a aproximar-se da ilha de Nova Caledônia, no Pacífico sul, com ventos sustentados de 208 km/h, e forçou o fecho de algumas operações de mineração de níquel no território francês, esta Segunda-feira (11).

Um porta-voz do governo francês disse que o ciclone lento chamado Sandra estava a ganhar força gradualmente e representava uma séria ameaça à ilha Belep e ao extremo norte da ilha principal, onde fica a maior reserva mundial de níquel .

A maior produtora de níquel da Nova Caledônia, Societe le Níquel (SLN), de propriedade da francesa Eramet, suspendeu a extracção e processamento de níquel na localidade de Tiebaghi às 16h, hora local, desta Segunda-feira, e prevê que permanecerá fechada na Terça-feira, disse um porta-voz da companhia.

A actividade na localidade de Poum não foi afectada, esta Segunda-feira, disse ele. O governo francês, que colocou a região e Belep em alerta laranja, disse que deve actualizar o aviso para vermelho, o nível mais alto, no fim do dia. O ciclone estava cerca de 400 km a noroeste de Nova Caledônia e em trajectória sudeste.

A metade sul da ilha principal, incluindo a fundição Doniambo, da SLN, com capacidade de 55.000 toneladas por ano, na capital Noumea, não deve ser atingida pelo ciclone, de acordo com o governo francês.

A Nova Caledônia fica imprensada entre o Taiti e a Austrália e abriga um quarto das reservas mundiais de níquel conhecidas. A commodity tem sido a força motriz da economia da ilha há mais de um século.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!