Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Chuvas intensas matam 17 pessoas em Nacala-Porto

Um total de 17 pessoas perdeu a vida, de Dezembro do ano passado a esta parte, no município de Nacala-Porto, província de Nampula, das quais cinco por queda de um muro de vedação, seis por descarga eléctrica, quatro por desabamento de paredes de casas, e duas foram arrastadas pelas águas, devido às chuvas intensas que estão a fustigar aquele ponto do país.

O número de pessoas afectadas poderá a aumentar nos próximos tempos, uma vez que as chuvas continuam a cair com grande intensidade, havendo indivíduos que ainda se encontram a residir nos locais propensos a desastres. Algumas pessoas que perderam as suas residências e bens ainda vivem em casas vizinhas, e outras foram acolhidas pelos seus parentes.

Há registo de casos de cólera e diarreias agudas, devido ao consumo de água imprópria e não tratada. De acordo com Rui Shong, presidente do Conselho Municipal da Cidade de Nacala-Porto, o Instituto Nacional de Gestão das Calamidades (INGC) e o governo local continuam a redobrar esforços na distribuição de produtos alimentares, material de construção, entre outros apoios com vista a minimizar o sofrimento dos afectados.

Paralelamente, decorre um trabalho de sensibilização à população que reside nos locais propensos a calamidades, como forma de evitar eventuais casos de acidentes.

Refira-se que mais de 14 mil famílias estão a ser atingidas pelas enxurradas em toda a província de Nampula, sendo a cidade de Nampula, os distritos de Moma, Nacala-Porto, Murrupula e Malema os mais atingidos pelo fenómeno natural.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Related Posts

error: Content is protected !!