Para continuarmos  a fazer jornalismo independente dos políticos e da vontade dos anunciantes o @Verdade passou a ter um preço.

Chuvas em Moçambique e nos países vizinhos influenciam subida dos níveis dos rios

A Bacia do Limpopo, na província de Gaza, deverá registar um aumento acentuado do volume de de àgua, em virtude das chuvas ocorridas naquela bacia e sobretudo às descargas provenientes dos países vizinhos a montante. A Direcção Nacional de Águas assinala que para além do Limpopo houve registo de chuvas intensas e persistentes no sul e centro do país esta semana, sendo de destacar a bacia do Save, Mutamba, Inhanombe e Buzi.

Segundo o matutino Notícias a Direcção Nacional de Águas recomenda às autoridades locais, agentes económicos e à população em geral para a tomada de medidas de precaução, manter os equipamentos e bens em zonas seguras e evitar a travessia do leito dos rios, com destaque para os localizados naquelas duas regiões.

A Direcção Nacional de Águas, registou 85 milímetros de precipitação em Massangena, 35,2 em Mutamba (Jangamo), 45,6 na bacia de Inhanombe (Maxixe). Também houve precipitação assinalável na bacia do Limpopo, em Xai-Xai, com 36 milímetros, Búzi, em Grudja, com 105, vila-sede de Búzi, com 106, e na cidade da Beira com 94.8 milímetros.

A previsão aponta que até esta quinta-feira as bacias do Zambeze, em Marromeu, Incomáti, em Magude, e Maputo, em Madubula, continuem em alerta, mas com tendência estacionária, razão por que algumas estradas de acesso continuavam condicionadas, tal é o caso da ilha Josina Machel, Calanga, Moamba-Sabiè, Xinavane-Tinonganine, Moamba-Magude, na baixa de Tsatsimbe.

No Limpopo, na província de Gaza, prevê-se um aumento acentuado do volume de escoamento, pelo que a estação hidrométrica de Combomune poderá atingir o alerta. Situação similar prevê-se ocorrer na bacia do Búzi, particularmente em Grudja e na vila do Búzi. As restantes bacias hidrográficas deverão continuar abaixo do alerta, contudo os rios Púngoè, Save, Govuro, Licungo, Lugenda e Messalo poderão registar um ligeiro aumento do volume de escoamento.

Segundo a Direcção Nacional de Águas, todas as albufeiras do país estão a registar um aumento gradual de armazenamento de água como resultado de ocorrência de precipitação que se tem verificado um pouco por todo o país nos últimos dias, com destaque para a barragem de Massingir, em Gaza.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Related Posts

error: Content is protected !!